quinta-feira, 11 de junho de 2020

O COVIDE-19 e a vingança da Idade Média

António Nunes
Aos amantes da(s) ciência(s), de todas elas...nas quais, convictamente, me incluo

(...) acordamos que este ataque vírico estava prestes a ser vencido, não pelos in­vesti­mentos feitos pelas múltiplas investigações universitárias e pelos diversos laboratórios farmacêuticos, mas sim por aquilo que, vulgarmente, o povo e a sua cultura apelidam de bom senso – no caso presente transformado em senso comum.

Sem comentários:

Publicar um comentário